Kataná (espada samurai)
( Lenine de Carvalho)

Para Minha Gueixa
Margaret Megumi Ota de Carvalho

A lâmina desce,
Veloz,
Feroz,
Sibilante relâmpago
A cortar

A sombra

Ao meio!
São agora
Duas sombras.
Estreitos olhos
Espreitam meu coração...
Com as duas mãos

Empunho o kataná.

A lâmina esta limpa,
Fantasmas não sangram!
Meus pés se movem,
Lentamente,
Necoashi___ pés de gato,
Preciso matar as sombras.

Enganoso ashibarai a

Transformar-se em mawashi.
Quero sobreviver!
Desfiro outro golpe
E o aço polido
Divide a tarde em metades...
Agora sim, há sangue no chão!

Ajoelho-me.

Em minhas mãos,
Meu coração agonizante...
Na penumbra, estreitos olhos
Choram por mim!...


Midi oriental

*******
Clique na imagem e recomende a página

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

webdesigner:
*Ja(Mulher)*