Incauto amor
  (Robério Pereira Barreto)

 Perdi-me dentro de ti
 Ó labiríntico coração dissoluto!
 Que por capricho me faz sofrer
 Por inútil amor.

Perdi-me no tempo da paixão
 Cujo relógio de badaladas cruéis
Avança sem piedade e devoção,
Fazendo-me perder a ilusão.

 Ó amor infame! Deixe me encontrar
as forças que bradam de tesão por ti.

02/02/06, 02h
 

*******
Clique na imagem e recomende a página

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

webdesigner:
*Ja(Mulher)*