Igapó
(Enzo Carlo Barrocco)

Faz-se sombra n’água,
o dia é tarde,
e pousa a paz no tronco seco;
Há paz pelas árvores entardecidas de sossego.
O rio moroso se estende
longo rasgando
a quietação do igapó.
Mora aqui a paz
entre os troncos apodrecidos,
os igarapés,
entre o silêncio... púrpuro silêncio.

Midi:
James_Last_(never_on_sunday)

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail


webdesigner:
*Ja(Mulher)*