Arte do amar
 (Ilka Bosse)

Para o coração
És débil farol.
Em céu nublado
És sol.
No crepúsculo
Não ocultas
És lua.
Luz própria que acende
Reveste alma tua
Transcende fronteiras
Distâncias e barreiras

Para mãos, és tentação
Em lábios, quase delírio
No sonho, o próprio sonho és
Em recanto, és teias.
És enigma de tudo
Como és sangue nas veias

Teu quente olhar, até felino
Reverente...
Aos teus pés me inclino
Para meus sentimentos
És domínio
És tempo
És vida
És fascínio
És até divino, ao cortejar
És mestre...
Na arte do amar

Autoria: Ilka Bosse
(Bailarina das Letras)
Do Livro: “O BAILAR ENTRE LETRAS”
Direitos Autorais Reservados
>>> ilka.bosse@terra.com.be <<<


******

Clique na imagem e recomende a página

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!
 

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 

webdesigner:
*Ja(Mulher)*